Procurador pede afastamento do prefeito de Itapemirim

Em mais um episódio do imbróglio judicial em Itapemirim, o Procurador da República e chefe do Ministério Público Federal, Rodrigo Janot, requereu ao Supremo Tribunal Federal (STF) o afastamento imediato do prefeito Luciano de Paiva (Pros).

Paiva já foi afastado do cargo de prefeito quatro vezes por indícios de fraudes em licitações e outras acusações, no mandato anterior. Em maio de 2016, retornou à função com base em liminar concedida pelo ex-presidente do STF, ministro Ricardo Lewandowsky, que suspendeu as medidas de afastamento impostas pelo Tribunal de Justiça do Espírito Santo.

A atual presidente do STF, ministra Carmen Lúcia, revogou, em dezembro do ano passado, todas as liminares concedidas pelo ex-presidente, agora ela decidirá sobre a permanência ou não de Luciano no cargo de prefeito.

Caso Luciano seja afastado, será a quinta vez que isso ocorre; em seu lugar, assumirá o vice Thiago Peçanha (PSDB).

Kennedy em dia

Comente com seu Facebook