PC conclui inquérito de vereador de BH que pousou helicóptero em praia de Guarapari

A Polícia Civil de Guarapari, informou nesta quinta-feira (2) que concluiu o inquérito sobre o caso do vereador de Belo Horizonte que pousou com um helicóptero na Praia da Bacutia no dia 27 de janeiro.

Foto: Divulgação/Polícia Civil 27/01/2017

Para os delegados Diego Aleluia Barcelos e Marcos Luiz Nery Filho, Rubens Gonçalves de Brito, conhecido como Bim da Ambulância, colocou em risco os banhistas que estavam no local. Por não relatar nenhum tipo de pane na aeronave e nem um motivo plausível para pousar em um local cheio de pessoas e sem nenhuma segurança de pouso, Rubens Gonçalves foi indiciado por expôr a perigo a aeronave que estava utilizando – artigo 261, detenção de 2 a 5 anos – e por expôr a risco de saúde ou de vida as pessoas que estavam na praia – artigo 132, detenção de 6 meses a 2 anos.

A Polícia Civil informou também que o inquérito foi finalizado no último dia 23 de fevereiro e relatado à Justiça Federal da Subseção Judiciária de Vitória.

Tribuna Online

Comente com seu Facebook