Medina e John John perdem na 1ª fase e vão à repescagem em Peniche

kelly_slater_-_peniche_1

A etapa de Peniche não começou bem para os líderes do ranking. Atual número 2 do mundo, Gabriel Medina não teve uma boa estreia em Supertubos e foi derrotado pelo português Frederico Morais. O brasileiro terá de disputar a repescagem para seguir na competição. Seu adversário será o australiano Ryan Callinan. Líder do ranking, o havaiano John John Florence também sucumbiu em sua bateria de estreia. Derrotado pelo brasileiro Jadson André, ele enfrenta o local Miguel Blanco no round 2. O camiseta amarela busca o título antecipado da temporada. Para que isso aconteça, uma das possibilidades é ele vencer a etapa portuguesa sem que Gabriel Medina chegue às quartas de final.

Outros favoritos a irem para a repescagem foram Matt Wilkinson (número 3 do mundo) e Filipe Toledo. Ambos foram derrotados por brasileiros na primeira fase. Os respectivos algozes foram Miguel Pupo e Wiggolly Dantas. Os únicos tops a triunfarem no round 1 foram Jordy Smith, Kelly Slater e Adriano de Souza. Atual campeão mundial, o Mineirinho venceu bateria emocionante contra Caio Ibelli e o australiano Jack Freestone. A chamada para a segunda fase será às 4h30 (de Brasília) desta quarta-feira.

Maré baixa no início da manhã
Medina encontrou muitas dificuldades para surfar desde o início da sua bateria. Com a maré muito baixa e um vento terral oscilante, o surfista de Maresias demorou para conseguir uma onda de razoável pontuação, um 4.73, que veio precedido de um 5.03. Com 9.94 de somatório, o local Frederico Morais liderava a bateria com uma pequena vantagem, enquanto Conner Coffin ocupava a lanterna. Precisando de 6.34 para virar, o brasileiro foi para o tudo ou nada nos minutos finais, mas não conseguiu a reação. Vitória de Frederico, que fez 11.37, contra 9.76 do brasileiro e 8.03 do americano.

John John também não teve vida fácil na sua bateria contra o brasileiro Jadson André e o português Miguel Blanco. O brasileiro saiu na frente com um 6.67 e um 6.53 contra um 3.20 e um 4.67 do camiseta amarela. A situação do havaiano piorou ainda mais minutos depois, quando Blanco surfou para um 6.10 e um 5.07 passando a ocupar a segunda colocação. Precisando de 7.93 para virar, John John viu Jadson, dono da prioridade, marca-lo por cerca de dois minutos, evitando a reação do líder do ranking, que, assim como Medina, também terá de disputar a repescagem.

A zebra estava mesmo solta em Peniche nesta terça. Um dos adversários de John John e Medina na luta pelo título, o número 3 do mundo Matt Wilkinson também foi mandado para a repescagem. Mais cedo, o australiano somou apenas 7,63 pontos e ficou na terceira colocação de bateria que contava com o compatriota Ryan Callinan, que fez 13,20. O vencedor foi o brasileiro Miguel Pupo, que avançou direto ao round 3 com um somatório de 14,34. Vivendo uma temporada irregular, Pupo busca a permanência na elite mundial.

Outro favorito a perder na estreia foi Filipe Toledo. Atual campeão da etapa de Supertubos, ele ficou em segundo em bateria vencida pelo compatriota Wiggolly Dantas. Com 10.84 de somatório (5.67 e 5.27), o “Guigui” passou direto à terceira fase, enquanto Filipinho, que tem chances remotas de título, vai disputar a repescagem por ter somado apenas 9.53. O outro integrante da bateria foi o australiano Adam Melling, que ficou em terceiro com 8.00.

O high score (melhor nota) desta terça foi obtido por Kelly Slater, que enfrentou os australianos Stuart Kennedy e Matt Banting. Diferentemente dos demais tops, o 11 vezes campeão do mundo venceu a bateria 8, com direito a um tubo nota 9.00. Oitavo lugar no ranking, Kelly venceu com um somatório de 15.83 contra 10.77 de Banting e 9.63 de Kennedy.

Diferentemente de Medina e Filipinho, Adriano de Souza dominou o início da sua bateria, abrindo vantagem diante de Caio Ibelli e Jack Freestone com um 6.50 e um 6.97. O australiano respondeu com um 7.67, nota insuficiente para pegar a liderança, assim como os 6.67 de Caio Ibelli. Minutos depois, porém, Freestone surfou para um 5.83 e assumiu o primeiro lugar. Mineirinho passou a correr contra o tempo. E a onda salvadora, um 7.30, veio a dois minutos do fim. O campeão mundial está mais vivo do que nunca.

Fechando o dia de competições em Supertubos, Italo Ferreira não deu chances aos havaianos Sebastian Zietz e Dusty Payne e avançou direto à terceira fase. Dono de um surfe consistente, o potiguar teve como melhores notas um 8.67 e um 7.23. O segundo lugar foi para Sebastian Zietz, que teve 14.83 de somatório, seguido por Dusty Payne com 12.27.

Baterias da primeira fase

1. Julian Wilson (AUS) 11,40 x Nat Young (USA) 11,77 x Kai Otton (AUS) 12,43
2. Kolohe Andino (USA) 10,76 x Keanu Asing (HAW) 9,94 x Alex Ribeiro (BRA) 7,23
3. Jordy Smith (ZAF) 12,30 x Kanoa Igarashi (USA) 11,37 x Jeremy Flores (FRA) 11,94
4. Matt Wilkinson (AUS) 7,63 x Miguel Pupo (BRA) 14,34 x Ryan Callinan (AUS) 13,20
5. Gabriel Medina (BRA) 9.76 x Conner Coffin (USA) 8.03 x Frederico Morais (PRT) 11,37
6. John John Florence (HAW) 9.94 x Jadson André (BRA) 13.20 x Miguel Blanco (PRT) 11.17
7. Filipe Toledo (BRA) 9.53 x Wiggolly Dantas (BRA) 10.94 x Adam Melling (AUS) 8.00
8. Kelly Slater (USA) 15.83 x Stuart Kennedy (AUS) 9.63 x Matt Banting (AUS) 10.77
9. Adrian Buchan (AUS) 7.84 x Josh Kerr (AUS) 15.90 x Alejo Muniz (BRA) 15.76
10. Adriano de Souza (BRA) 14.17 x Caio Ibelli (BRA) 11.24 x Jack Freestone (AUS) 13.50
11. Joel Parkinson (AUS) 14.83 x Michel Bourez (PYF) 7.90 x Davey Cathels (AUS) 12.66
12. Italo Ferreira (BRA) 15.90 x Sebastian Zietz (HAW) 14.83 x Dusty Payne (HAW) 12.27

Baterias da segunda fase

1: John John Florence (HAV) x Miguel Blanco (POR)
2: Gabriel Medina (BRA) x Ryan Callinan (AUS)
3: Matt Wilkinson (AUS) x Jeremy Flores (FRA)
4: Julian Wilson (AUS) x Alex Ribeiro (BRA)
5: Filipe Toledo (BRA) x Adam Melling (AUS)
6: Adrian Buchan (AUS) x Matt Banting (AUS)
7: Sebastian Zietz (HAV) x Alejo Muniz (BRA)
8: Michel Bourez (TAI) x Jack Freestone (AUS)
9: Caio Ibelli (BRA) x Davey Cathels (AUS)
10: Stuart Kennedy (AUS) x Dusty Payne (HAV)
11: Nat Young (EUA) x Conner Coffin (EUA)
12: Keanu Asing (HAV) x Kanoa Igarashi (EUA)

Fonte: Globo Esporte

Comente com seu Facebook