Fluminense perde de virada para o São Paulo que abre 4 pontos da zona de rebaixamento

sp

O volante Thiago Mendes poderia sair do duelo com o Fluminense como vilão na noite de segunda-feira (17), mas, com um lindo gol marcado no segundo tempo, ele conseguiu comandar uma virada incrível do São Paulo e deu uma sobrevida ao técnico Ricardo Gomes, ameaçado no cargo após uma série de resultados ruins e um jejum de cinco jogos sem vitória no Brasileirão até então.

Com a vitória por 2 a 1 sobre os cariocas, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita (RJ), o time paulista ficou a quatro pontos da zona de rebaixamento na competição. O São Paulo chegou aos 39 pontos e ocupa agora a 12ª colocação. Já o Fluminense estacionou nos 46, no nono lugar, ainda de olho no G6 e a consequente vaga na Copa Libertadores.

O JOGO

Thiago Mendes está longe de ser unanimidade na torcida tricolor. Já passou por momentos de irregularidade e, no primeiro tempo da partida, perdeu a bola que culminou no gol do time da casa. Ele bobeou na frente e, no contra-ataque, Wellington fez linda jogada individual e sofreu pênalti. O próprio atacante bateu e abriu o placar.

Com uma situação ruim na tabela de classificação, o São Paulo sentia a pressão do peso de estar na parte de baixo da tabela. Errava passes, pouco produzia e não se encontrava em campo. Até Cueva, uma das principais contratações do ano, teve uma grande chance e mandou na trave. Tudo levava a crer que as coisas não iriam dar certo.

Se as coisas já estavam ruins, elas pioraram após o intervalo. O Fluminense mandou bola no travessão, exigiu defesas do goleiro Dênis, mas os jogadores do São Paulo sabiam que a qualquer momento a chave iria virar. E virou com a entrada de David Neres, que fez sua estreia e colocou fogo no time.

Ele cruzou para Thiago Mendes, que quase marcou de carrinho. A bola passou raspando. Depois, o volante acertou um lindo chute, após falha de Gum, empatando a partida e fazendo seus companheiros acreditarem na virada. Ele ainda mandou uma bomba no travessão antes de Rodrigo Caio virar o jogo de cabeça. Ao final, festa do São Paulo, que voltou a vencer uma partida fora de casa após mais de dois meses e respirou um pouco aliviado no Brasileirão.

Fonte: Folha Vitória

Comente com seu Facebook