Criança inocenta homem linchado por moradores

linchar

O rapaz de 25 anos linchado pela população do bairro Novo Parque, em Cachoeiro de Itapemirim, por supostamente ter abusado de uma criança de oito anos, foi inocentado pela própria vítima.

Em depoimento à polícia, o menino afirmou que o rapaz não o tocou, mas que o teria visto tendo relação com um cachorro. Ele explicou que contou para um morador e este acabou repassando uma informação equivocada para a mãe do garoto.

O resultado da boataria foi que a população se revoltou contra o jovem de 25 anos.

O caso ocorreu no dia 29 de setembro. Segundo a Polícia Militar, moradores perseguiram o suspeito, que tentou se refugiar dentro de uma casa, onde foi espancado, agredido a pauladas e chegou a sofrer uma facada.

O fato assustou outros moradores, que acionaram a Polícia Militar. Para dispersar a população, os policiais precisaram usar bombas de efeito moral. O jovem agredido foi levado para a Santa Casa, onde ficou dois dias internado.

De acordo com o delegado Felipe Vivas, o rapaz acusado de ter abusado da criança também negou. “No entanto, ele não soube dizer quem o agrediu. Disse que havia muita gente e não consegue se lembrar”, ressaltou.

A mãe do garoto também foi ouvida e relatou que soube do abuso ao seu filho por meio de um conhecido dela. “Nosso próximo passo agora é localizar essa pessoa que causou a confusão”, ressaltou o delegado.

O delegado alerta à população que procure a polícia e não faça justiça com as próprias mãos, pois poderá responder criminalmente. “Quem faz isso está sujeito às penalidades previstas em lei. O cidadão deve procurar a polícia, registrar a ocorrência, que iremos apurar”, explicou.

Fonte: Jornal Fato

Comente com seu Facebook