Capixaba suspeita de exploração sexual na lista dos mais procurados pela Interpol

vilmaoliverirap-horz

A capixaba Vilma Cristina Oliveira, de 42 anos, nascida na cidade de Guaçuí, região sul do Estado, está na lista dos criminosos mais procurados pela Interpol de pela Polícia Federal (PF). Cristina é acusada de tráfico internacional de mulheres usadas para exploração sexual na Espanha.

De acordo com informações da Polícia Federal, Vilma Cristina fazia parte e um grupo criminoso conhecido como Rede Cacique desde 1999. Ainda segundo a PF, ela seria proprietária de várias casas noturnas na Espanha, onde várias brasileiras trabalhavam.

Vilma foi responsável pelo envio de centenas de mulheres brasileiras para a Espanha para trabalharem como prostitutas. A PF informou que as casas de prostituição eram mantidas pela Rede Cacique.

A quadrilha que fazia parte da Rede Cacique foi condenada em 2009 e os criminosos ficavam no Brasil e outra parte na Espanha.

Os criminosos que ficavam aqui no país faziam, segundo a PF, contato com os criminosos que estavam naquele país informando a disponibilidade do envio de garotas. Então a organização criminosa cuidava de todos os trâmites para a viagem das mulheres para a prostituição e chegava a enviá-las com dinheiro para driblar a imigração espanhola.

Fonte: Folha Vitória

Comente com seu Facebook