Bombeiros recomendaram 80 Guarda Vidas, porém Marataízes só tinha 5

O Corpo de Bombeiros Militares do Espírito Santo fez alerta de que a cidade de Marataízes precisava de pelo menos 80 guarda-vidas na baixa temporada, caso bem diferente do presenciado na data de hoje, a cidade conta apenas com 5 guarda-vidas (GV) que têm a incumbência de monitorar cerca de 25 quilômetros de litoral (humanamente impossível).

O GV Emerson Marangoni Bahiense Marangoni, disse no Facebook que já havia alertado o prefeito Jander Nunes Vidal sobre os riscos de manter a Lagoa do Siri desprovida de guarda-vidas, porém os apelos parecem ter sido em vão, pois no dia 14 de outubro aconteceu a morte de um garoto de Muriaé-MG na Lagoa citada. Veja a matéria!

Comandante dos bombeiros relata que na alta temporada que vai de dezembro a março, quando termina a Festa das Canoas a contratação de parte do efetivo poderia ser prorrogada por mais 8 meses. De acordo com o inciso IV do Art. 4º da lei 1.296/2010 é possível a contratação por até 12 meses.

Ainda segundo o comandante, para guarnecer com segurança o balneário de Marataízes é necessário a ativação de 35 postos e 140 guarda-vidas no período de alta temporada. Na baixa temporada o município poderia trabalhar com 20 postos e 80 guarda-vidas.

Comente com seu Facebook